VÍDEO: seguidora de Bolsonaro, que confundiu bandeira do Japão com comunismo, apanha da polícia

Rosangela Müller. Foto: Reprodução/Facebook

Rosangela Müller, intervencionista militar seguidora de Bolsonaro que confundiu uma bandeira do Japão com um “símbolo do comunismo” em 2016, viralizou em um novo vídeo apanhando da Polícia Militar de Brasília. A PM destruiu e tirou as barracas da manifestação dos amigos de Rosangela, segundo a gravação.

Pelo visto ela teve uma amostra da ditadura que tanto pede. Nem Jair Bolsonaro veio socorrê-la.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!