VÍDEO: Sentindo-se ofendido por ser chamado de “fascista”, Bolsonaro ataca Kakay

Bolsonaro ataca Kakay após ser chamado de “fascista” pelo advogado. Foto: Reprodução

Após ser chamado de “fascista” por Kakay no último sábado (29), Jair Bolsonaro se sentiu ofendido pelo advogado.

Em conversa com apoiadores no cercadinho, ele afirmou que, se foi criticado por Kakay, “sinal de que está no caminho certo”.

Em outro momento, ele sugere que as manifestações “da esquerda” tinham “pouca gente” porque “a PF e a PRF estão prendendo muita maconha pelo Brasil e faltou erva para o movimento”.

O presidente ainda sugeriu que os manifestantes foram pagos para participar dos atos.

“Tá faltando dinheiro também, para o Kakay estar reclamando, né”.

Ele ainda reclamou que o advogado “só anda de bermuda” e disse que “na presidência ele não entra”.

Mais cedo, Carluxo também defendeu o pai, dizendo que “fascista” é “o rabo da mãe” do advogado.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!