VÍDEO: Steve Bannon diz que manifestantes de Paris são como seguidores de Trump e que planeja “revolta populista global”

Steve Bannon, ex-assessor de Donald Trump que deu “consultoria” para a campanha de Bolsonaro, comparou no sábado em Bruxelas os manifestantes de “colete amarelo” da França com os seguidores de Trump.

O ex-estrategista de Trump falou numa reunião a convite do partido de extrema direita Vlaams Belang, da Bélgica. Sua recepção foi entusiástica, de acordo com os organizadores, e Bannon foi aplaudido de pé diversas vezes durante seu discurso.

O Vlaams Belang organizou a encontro em nome de seu Movimento Pela Europa das Nações e da Liberdade, um grupo de extrema-direita e eurocético que ocupa o Parlamento Europeu.

Além do Vlaams Belang, estava presente o Rassemblement National (anteriormente Front National) de Marine Le Pen. Ela também abrilhantou o evento.

Em sua fala, Le Pen pediu ao presidente Macron que fosse “ver o sofrimento social” e desse “respostas fortes e imediatas” aos protestos.

Bannon, que não trabalha na Casa Branca desde agosto de 2017, planeja criar uma “revolta populista global”. Por enquanto, tem tido pouco sucesso concreto, mas seu Movimento não vai desistir.

De acordo com o líder do partido, Tom Van Grieken, há “sobreposições ideológicas” que chamam Bannon de “bom exemplo”.

“Eu não sou um americano que vem aqui para ajudar, as partes aqui não precisam de ajuda, mas estou feliz de poder participar, como em outros lugares”, declarou Bannon.

Eduardo Bolsonaro e Steve Bannon (Foto: Reprodução/Twitter)

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!