VÍDEO: Trôpego, visivelmente abalado, Bolsonaro usa crise de Cuba para animar seguidores no Cercadinho

‘Sabe por que não tem gato e cachorro na Venezuela?’, perguntou Bolsonaro a apoiadores no Cercadinho do Alvorada. ‘Não tem porque comeram tudo’.

Trôpego, soluçando, o mandatário desfiou o rosário contra o comunismo aproveitando a crise de Cuba agravada pelos embargos norte-americanos à Ilha.

‘Lá todos são iguais’, reconheceu, para então concluir. ‘Igualdade na pobreza. Uma sacola de dinheiro para comprar o pão, se achar o pão’.

‘O presidente não está bem de saúde’, alertou um seguidor.

De fato, Bolsonaro não está bem.

 

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!