VÍDEOS: Assaltantes em Botucatu agiram com profissionalismo e usaram máscara, como na série Casa de Papel

O vídeo acima mostra o momento exato em que policiais da Força Tática do 53o Batalhão da Polícia Militar, em Avaré, são recebidos à bala em Botucatu por uma quadrilha de assaltantes.

Um policial é atingido no tornozelo, é socorrido e não corre o risco de morrer.

Esta e outras imagens mostram o grau de profissionalismo dos ladrões.

Eles não atacaram apenas agências bancárias.

Fizeram a limpa também em uma joalheria da cidade.

Os ladrões usavam máscara, como no filme La Casa de Papel, campeão de audiência no mundo todo.

Na ação, não mataram ninguém, mas poderiam fazê-lo.

Por exemplo, no caso do policial ferido: o tiro foi no tornozelo, área não fatal, num momento em que poderiam ter atingido a cabeça dele e dos colegas de farda, já que estavam todos, aparentemente, sob a mira dos assaltantes.

A investigação desse crime é importante também entender como a quadrilha se organizou, foi treinada, sua motivação.

A polícia está especulando que o assalto poderia ser uma variação da modalidade de crime do PCC, facção que controla o tráfico de drogas em São Paulo e outros Estados e já estaria até exportando para a Europa.

Como o transporte por via marítima está mais difícil em razão da pandemia, com menos movimento de navios, o PCC estaria migrando para assalto a banco, para que a organização criminosa não fique sem receita.

Pode ser, pode não ser.

O que chama a atenção nesse assalto que paralisou uma cidade de 120 mil habitantes, com IDH bem acima da média brasileira, é a organização.

Nenhum preso, nenhum ferido grave. Uma estratégia para impedir acesso de reforço policial à cidade, com veículo incendiado na estrada, ações simultâneas que dificultaram a reação da polícia.

Já há alguns meses, a PM de São Paulo está centro do noticiário em razão de ações truculentas e covardes, como a do policial que pisou no pescoço de uma comerciante negra da periferia da capital.

Se há evidente excesso nas ações de policiamento ostensivo, está faltando inteligência na Secretaria de Segurança Pública do maior Estado da federação.

Veja o vídeo em que os ladrões roubam a joalheria.

 

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!