Vilão pedófilo fez ator da TV Globo parar na UTI com crise de abstinência

Werner Schünemann em cena de Z4, série que o SBT apresentará a partir de quarta (25). Foto: VICTOR SILVA/SBT

Gabriel Perline do site Notícias da TV informa que já se passaram oito anos desde que Werner Schünemann deu vida ao vilão pedófilo Saulo Gouveia em Passione, na Globo. Pela primeira vez ele conta um segredo de bastidores sobre sua participação na novela: ele provocou em si mesmo uma crise de abstinência para dar mais vivacidade ao personagem e acabou na UTI de um hospital do Rio de Janeiro.

“Fui ficando doente por causa do Saulo. Na época, eu já tinha problemas de pressão alta e colesterol, e tomava remédios, um desses betabloqueadores. E essas coisas dão uma deprimida na gente”, lembra.

A intenção de Schünemann era fazer de Saulo um cara completamente ensandecido. Para isso, quis provocar em si próprio uma crise de abstinência, mas nunca ficou satisfeito com os resultados nos ensaios. Eis que veio a ideia de suspender os medicamentos que tomava por conta dos problemas de saúde.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!