Vítimas do calote da Editora Abril contam suas histórias em canal do YouTube

Os herdeiros da Abril, Giancarlo e “Titi” Civita, com o designer Thomaz Souto Corrêa (à direita)

Ex-funcionários da Editora Abril que tomaram um calote na demissão estão contando suas histórias num canal do YouTube.

O grupo dispensou mais de mil pessoas e entrou com pedido de recuperação judicial sem pagar os direitos dos trabalhadores nem os serviços prestados por mais de 200 freelancers.

A Abril deve na praça mais de R$ 1 bilhão em compromissos que devem ser honrados até 2022, acumulou prejuízos de R$ 768,1 milhões nos últimos três anos e registrou um patrimônio negativo de R$ 715,9 milhões, no balanço de 2017.

De acordo com a revista Forbes em sua edição de setembro de 2016, os irmãos Giancarlo, Victor e Roberta Civita, herdeiros da empresa, integravam, em 11º lugar, a seletíssima lista das 15 famílias mais ricas do Brasil, com uma fortuna avaliada em US$ 3,3 bilhões.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!