YouTube derruba live de Bolsonaro sobre urnas e analisa fake news a embaixadores

Atualizado em 19 de julho de 2022 às 9:49
Em discurso a diplomatas estrangeiros, Jair Bolsonaro voltou a espalhar fake news e teorias da conspiração contra o sistema eleitoral

Nesta segunda-feira (18), o YouTube derrubou uma live de julho de 2021 em que o presidente Jair Bolsonaro faz conspirações e afirmações infundadas sobre a segurança das urnas eletrônicas. O conteúdo do vídeo embasou parte do que foi apresentado no evento desta segunda-feira (18) com embaixadores. A empresa também avalia se vai manter no ar a reunião.

A embaixadores, o presidente fez um discurso golpista e deu a entender que uma empresa estrangeira conta os votos, não a Justiça Eleitoral. Disse também que há mais de cem vídeos com apoiadores reclamando que a urna autocompletou o número 13, do PT, na eleição passada, e que “o próprio TSE diz que em 2018 números podem ter sido alterados”, o que é mentira.

Desde março, a plataforma de vídeos do Google tem uma política que garante a remoção de conteúdos que contenham alegações falsas de fraudes, erros ou problemas técnicos sobre a eleição de 2018.

Embora tenha retirado o vídeo de Bolsonaro de 29 de julho de 2021, existem mais três cópias dessa transmissão, uma na TVBrasilGov, com 1,8 milhão de visualizações, outra na TVPajeu e outra na Jovem Pan, com quase 303 mil visualizações.

Participe de nosso grupo no WhatsApp clicando neste link

Entre em nosso canal no Telegram, clique neste link