Youtube exclui canais cubanos e venezuelanos em clara censura

Protesto na Venezuela noticiado pela VTV. | Foto: reprodução

Publicado originalmente pelo Diário da Causa Operária:

A empresa americana  YouTube, alegando violação de regras da plataforma, cancelou na quinta feira dia 20, três contas da emissora estatal Venezuelana  VTV assim como do noticiário Mesa Redonda de Cuba. A plataforma já havia cancelado anteriormente o portal Cubavisión Internacional e em todos os casos as contas Google também foram suspensas. O cancelamento das contas foi denunciado pela emissora que ao mesmo tempo solidarizou-se e denunciou o bloqueio dos canais dos irmãos cubanos.

A VTV é a principal emissora venezuelana e tem papel fundamental na denúncia e no esclarecimento da população daquele país sobre o massivo ataque imperialista que sofre comandado pelos EUA. A destruição e supressão da informação é ação estratégica para que a intenção de golpe por diversas vezes anunciado e tentado tenha sucesso no país.

Em relação a Cuba, o Programa Mesa Redonda é um projeto que leva informação a Cuba e ao mundo desde dezembro de 1999 . É transmitido pela Televisão Nacional Cubana e pela TESUR em sua versão Mesa Redonda Internacional. Com o cancelamento das contas, todo o acervo dos canais tanto o cubano quanto o Venezuelano foi apagado. Somente o Canal Cubano possuia 19.0000 mil seguidores.

O cerceamento da imprensa desde sempre foi prática comum como forma de legitimar golpes, calar os opositores e impedir o acesso à informação pela população. Tanto Cuba quanto a Venezuela sofrem há muito bloqueios econômicos e tentativas de golpe por parte do imperialismo. Cuba por ser um exemplo de como é possível levar dignidade a um povo simplesmente eliminando o parasitismo econômico do capitalismo em uma sociedade que apesar das enormes dificuldades resiste com o apoio do povo ciente e consciente de seu papel em seu meio. A Venezuela, dona de uma das maiores reservas petrolíferas do mundo, da mesma forma resiste aos ataques através da mobilização popular e armamento do povo para sua autodefesa,  enquanto a imprensa estatal enfrenta a imprensa burguesa na disputa pelo apoio.

O bloqueio do You Tube nada mais é que parte sanha imperialista pelo domínio destes pequenos porém importantes países , e no caso da Venezuela, ameaçado publicamente de invasão por parte do democrático Estados Unidos. A gigante google assim como o You Tube são plataformas de propriedade capitalista que serve aos interesses de domínio geopolítico. Outros países que não se curvam ao domínio dos EUA e seus aliados também sofrem ou já sofreram bloqueios em sua imprensa. É o caso de canais russos, chineses, norte-coreanos e iranianos que foram censurados e deletados pelo youtube,  além da perseguição pelos outros monopólios de internet como Facebook e Twitter.

Mais uma vez fica exposta a política do imperialismo. O grande “defensor das liberdades” não passam de ditadores que na quando na prática cerceiam dentro e fora de suas fronteiras toda e qualquer voz que atente aos seus interesses de dominação.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!