Zambelli mostra que Moro fazia do ministério trampolim para o STF

Moro forçou a barra, mas não alcançou o seu objetivo de integrar o STF (Imagem: reprodução celular da deputada Carla Zambelli)

Em sua entrevista à CNN Brasil na manhã deste sábado, 25, Carla Zambelli esclareceu algo que muitos desconfiavam, mas poucos tinham certeza: o projeto de Sergio Moro era fazer do governo Bolsonaro trampolim para uma vaga de ministro no Supremo Tribunal Federal.

O presidente já havia dito isso no seu pronunciamento após o pedido de demissão de Moro.

Afirmou que o então ministro condicionou a exoneração do delegado-geral da PF, Maurício Valeiro, à sua nomeação ao Supremo.

Nas mensagens mostradas por Zambelli, após Moro mostrar parte delas ao Jornal Nacional, a deputada traz uma que é definitiva.

“Pelo amor de Deus, me deixe ajudar”, escreve a bolsonarista. “Vamos amanhã marcar 7h com o PR lá no Alvorada”.

Carla continua: “A gente conversa e ele lhe garante a vaga no SFT esse ano”.

“Já falei com ele hoje”, responde Moro, dando a entender que o presidente não mentiu quando afirmou que negociou a cabeça do auxiliar em nome de uma ambição pessoal.

 

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!