Intimada para depor pela PF, Zambelli diz que manterá suas “convicções”

Carla Zambelli
Carla Zambelli. Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Intimada pela Polícia Federal, Carla Zambelli se manifestou nas redes. A deputada bolsonarista aponta uma suposta coincidência a convocação ocorrer antes do 7 de setembro. Ela é uma das que tentam mobilizar o gado para o ato golpista.

A deputada confirmou que vai depor, mas diz que manterá suas “convicções”.

“Mesmo sem ter acesso aos autos, em respeito a Polícia Federal e a Constituição, me farei presente. É certo que para mim, o mar ficará agitado após essa oitiva, mas nada impedirá que mantenha minhas convicções e acredite naquilo que sempre defendi, afirmou.

Leia também:

1 – Zé Trovão diz que se entrega no 7 de setembro e ameaça o STF: “Os senhores vão sair de suas cadeiras”

2 – Sérgio Reis diz que se reuniu com comandantes das Forças Armadas no Planalto

Zambelli segue apoiando os atos golpistas

Apesar da intimação e de ter ciência que seus amigos golpistas foram presos, a deputada segue convocado o gado para a manifestação. Ela irá depor para o mesmo inquérito que fez busca e apreensão na casa de Sérgio Reis e Otoni de Paula.

“Aproveito esse momento para relembrar ao povo, que por sua vontade, sem quebrar qualquer vidraça, retiramos uma Presidente da República do Palácio do Planalto”, diz a deputada, lembrando do golpe de Dilma.