Adidas diz que CEO que participou de almoço com Bolsonaro “não representa o posicionamento da companhia”

Foto: Flavia Bittencourt, CEO da Adidas Brasil (Adidas/Reprodução)

Uma das participantes do almoço de Jair Bolsonaro com 40 executivas de grandes empresas, realizado ontem (30), em São Paulo, chamou a atenção pelo histórico da companhia por ela representada. Flavia Bittencourt, CEO da Adidas Brasil, foi convocado pelo presidente em nome da multinacional alemã do ramo de materiais esportivos.

Aparentemente sem se preocupar com a repercussão que sua presença no almoço poderia gerar, Flavia não só compareceu ao encontro com o chefe de Estado genocida, como foi fotografada sem máscara, ao lado de outra executiva, a conselheira administrativa do Grupo Soma & CVC, Rachel Maia.

VEJA TAMBÉM – Empresária negra que foi a almoço com Bolsonaro se justifica: “Não é apoio”

A revista Fórum entrou em contato com Adidas Brasil questionando os motivos que levaram Flavia Bittencourt a aceitar, nas circunstâncias atuais, o convite para o almoço com o presidente da República, e recebeu a seguinte resposta:

A adidas esclarece que a participação de Flávia Bittencourt no almoço que contou com a presença de membros do Governo Federal teve como objetivo participar de discussões relevantes para a sociedade. Na pauta, dentre os principais assuntos propostos figuraram a equidade de gênero e a maior participação das mulheres nos setores públicos e privados, temas que há muito fazem parte das causas defendidas pela executiva.

Reforçamos ainda que a presença da executiva no evento não representa qualquer posicionamento político da companhia, que possui uma visão apartidária em todos os países em que atua.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!