Danilo Trento confirma a CPI da Covid que esteve com Flávio Bolsonaro

Em destaque, à mesa, empresário do setor farmacêutico, Danilo Berndt Trento.
Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

Em depoimento a CPI da Pandemia, o diretor de relações institucionais da Precisa Medicamentos, Danilo Trento, confirmou ao colegiado que esteve com o senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ). “Estive em eventos públicos com o senador Flávio Bolsonaro”, afirmou.

LEIA MAIS:

1 – Ex-homem forte de Pazuello, Cascavel é investigado por suspeita de abusar da neta

2 – DCM Ao Meio-Dia: Luciano Hang é convocado à CPI; XP acaba com pesquisas após queixas de bolsonaristas

Danilo Trento e os Bolsonaros

Mas apesar dessa confirmação, ele negou a mediação de um encontro entre Francisco Maximiano, dono da Precisa e o presidente do BNDES, Gustavo Montezano. A reunião, aconteceu em 13 de outubro do ano passado onde o próprio Flávio estava presente.

O vice-presidente da CPI, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), questionou a Trento se ele conhecia o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho ’03’ de Jair Bolsonaro e ele negou sua relação com o parlamentar.

Porém, as mensagens trocadas lobista Marconny Faria mostram que Trento disse o seguinte: “O Eduardo me conhece”.

Com informações do site O Cafézinho.

Dirceu no DCM

O ex-ministro José Dirceu falou sobre o capitalismo no programa DCM Ao Meio-Dia com Rudá Ricci. Ele também lembrou do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse em 30 de agosto que o presidente dos EUA, Joe Biden, tem “quase uma obsessão pela questão ambiental” e que isso “atrapalha um pouquinho” o governo.

Essas declarações foram dadas durante entrevista a uma rádio de Goiás. “Da minha parte, o Brasil está de portas abertas e pronto para continuar a conversa com o governo americano. Obviamente, o governo Biden é um governo mais de esquerda. Um governo que tem quase uma obsessão pela questão ambiental, então isso atrapalha um pouquinho a gente”, disse.

“O Brasil é o país que mais preserva o seu meio ambiente. A gente sofre ataques o tempo todo de países europeus. Lá eles não sabem o que é mata ciliar porque não têm. Aqui tem. Nós temos das mais rígidas legislações que tratam dessa questão”.

Embora o Brasil seja considerado o país com a maior biodiversidade do mundo, isso não se reflete no compromisso do governo com o ambiente. O Brasil liderou em 2020 o ranking mundial de desmatamento. O país concentrou mais de um terço da superfície de florestas virgens devastadas no planeta, cerca de 1,7 milhão de hectares, segundo o relatório Global Forest Watch, divulgado pelo World Resources Institute.