DCM Ao Meio-Dia: Jornalista obrigado a tirar Lula do ar 10 minutos antes de entrevista a rádio fala ao DCM

Lula
Ex-presidente Lula -Reprodução/Instagram
Lula no podcast de Mano Brown

Lula é o assunto. AO VIVO. Kiko Nogueira e Cassio Oliveira analisam as últimas notícias e conversa com o jornalista Nando Gross.

LEIA MAIS:

1 – A mídia apela ao sadismo para fraudar a realidade, humilhar e oprimir. Por Tiago Barbosa

2 – Donos da Prevent Senior, enrolada na CPI, têm banda de rock e pagam para tocar em grandes festivais

Lula fora do ar

Diz Fernando Miller no DCM:

O jornalista Nando Gross, ex-diretor de jornalismo da Rádio Guaíba, emissora porto alegrense pertencente a Record (e, consequentemente, à Igreja Universal do Reino de Deus), relatou um episódio que evidencia a censura nos grandes grupos de comunicação aos nomes da esquerda.

Gross, no podcast PodPoa, contou que faltando 10 minutos para o ex-presidente Lula entrar no ar com os jornalistas Juremir Machado e Taline Oppitz, no programa Esfera Pública, teve que desmarcar a entrevista por ordens superiores.

“O Lula tinha saído da cadeia e queria dar a primeira entrevista para o Juremir e a Taline”, lembra Nando. “Lula já estava no Zoom”.

Apesar de tudo pronto, ordens da cúpula da emissora fizeram com que a conversa fosse impedida de ir ao ar. Gross ressaltou a dignidade da equipe do ex-presidente que mesmo após saber das reais causas do impedimento da veiculação da entrevista, não divulgou o fato publicamente.

Na mesma entrevista, Gross relata ainda que havia uma orientação da diretoria para que a linha editorial da rádio seguisse às do R7 e do Jornal da Record, o que significava um alinhamento automático ao bolsonarismo.

O profissional lembra que em sua passagem no grupo RBS, retransmissora da Globo no Rio Grande do Sul, a Rádio Gaúcha era proibida de falar no nome do então prefeito Olívio Dutra, por pertencer ao Partido dos Trabalhadores.

VEJA O DCM AO MEIO-DIA