Diretora técnica diz na CPI que sócio oculto da Precisa tem cargo na empresa que não existe

À mesa, diretora técnica da Precisa Medicamentos, Emanuela Batista de Souza Medrades.
Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

O empresário Danilo Berndt Trento, do Mato Grosso, surgiu no escândalo da Covaxin em uma reportagem exclusiva do DCM de 24 de junho de 2021. Fontes que conhecem a empresa de perto confirmaram ao Diário que Danilo é uma espécie de “sócio oculto” da Precisa Medicamentos com conexões ao senador Eduardo Gomes, do MDB do Tocantins e líder do governo Bolsonaro.

Danilo Berndt Trento. Foto: Reprodução

Danilo é sócio da empresa PRIMARCIAL HOLDING E PARTICIPAÇÕES LTDA, com sede em São Paulo, com sua avó Jandira Meneguello Berndt. No mesmo endereço está a empresa PRIMARES HOLDING E PARTICIPAÇÕES – EIRELI, cujo sócio principal é o próprio Francisco Emerson Maximiano.

Francisco Emerson Maximiano é o principal sócio da Precisa com R$ 1 de participação. A maior parte da empresa está nas mãos da Global Gestão em Saúde, representante da Covaxin no Brasil.

O deputado Ricardo Barros, a Global e servidores da Saúde responderam em 2019 a uma ação de improbidade por causa dos medicamentos não entregues. O Ministério Público Federal aponta que houve favorecimento à empresa e há indícios de favorecimento também em 2017, no então governo Michel Temer.

Danilo Berndt é próximo do suplente do senador Eduardo Gomes, Ogari de Castro Pacheco, do DEM de Tocantins. Ogari é sócio-fundador da farmacêutica Cristália. E essa proximidade entre os dois se mostra em um labirinto de empresas.

O nome de Danilo Berndt Trento foi mencionado pelo senador Renan Calheiros nesta quarta (14) no depoimento Emanuela Medrades, diretora técnica da Precisa Medicamentos.

“A senhora conhece Danilo Berndt Trento? Qual é o papel dele dentro da Precisa? Ele esteve presente nas viagens para a Ìndia?”.

Emanuela Medrades respondeu:

“Danilo é representante da Precisa junto à presidência, ao senhor Maximiano. Ele esteve presente em reuniões e em negociações”.

Formalmente, na estrutura societária da Precisa, Danilo Berndt Trento não tem qualquer participação. Francisco Maximiano é sócio em uma outra empresa, chamada Primarcial, com Danilo.

A diretora Emanuela Medrades ou mentiu na CPI ou mencionou um cargo de Danilo que não existe formalmente na Precisa.

Sócio fundador da Precisa Medicamentos, Francisco Emerson Maximiano. Foto: Reprodução/Sportlight

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!