Cancelamento do SBT Brasil causa tensão, Silvio tenta poupar Bolsonaro e empresa não comenta

Publicado em 25 maio, 2020 3:44 pm
Silvio Santos com Bolsonaro e o chefe da Secom, Fabio Wjngarten

De Cristina Padiglione na coluna Zapping do F5.

A suspensão da edição de sábado (23) do SBT Brasil, pouco antes de seu horário de exibição, aumentou a tensão que já tomava conta do departamento de jornalismo da emissora. A ordem veio diretamente de Silvio Santos e configura fato inédito na história da emissora, que nunca deixou de levar ao ar o seu principal noticiário.

O patrão teria pedido que a edição de sábado não repercutisse mais a reunião ministerial de 22 de abril, divulgada na sexta-feira (22) a todos os veículos, por determinação do ministro Celso de Mello, do STF.

A equipe de jornalismo argumentou que ficaria estranho não voltar ao tema, que já tinha ocupado o noticiário de sexta, e Silvio então teria determinado a suspensão da edição, a fim de poupar o presidente Jair Bolsonaro. Procurada pela coluna, a assessoria de comunicação do SBT informou que a emissora não iria se pronunciar.

(…)

LEIA TAMBÉM – SBT Brasil é retirado do ar por Silvio Santos por motivos políticos 

Silvio Santos censura o SBT Brasil por medo de perder dinheiro e por ser sabujo de tiranos. Por Kiko Nogueira 

Com censura e clima péssimo no SBT, Silvio Santos agora quer exibir reunião ministerial de Bolsonaro 

Sílvio Santos vai promover Bolsonaro com exibição de falas antes e depois de seu programa

Genro de Silvio Santos nega que governo federal interferiu no SBT

Silvio Santos obteve 70 mil hectares no Araguaia em 1972, durante governo Médici. Por Alceu Luís Castilho

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!