Doria decide afastar os 38 PMs que participaram de massacre em Paraisópolis

Publicado em 9 dezembro, 2019 10:03 pm

Da Folha

O governador de SP, João Doria
Imagem: WILSON DIAS/AGÊNCIA BRASIL

O governador João Doria (PSDB) decidiu afastar 38 policiais militares que participaram da ação em baile funk que acabou com nove mortes em Paraisópolis, na zona sul de São Paulo.

O pedido foi feito por familiares de vitimas durante reunião no Palácio dos Bandeirantes na noite desta segunda-feira (9). Doria determinou ao secretário da Segurança Pública, general João Camilo Campos, que o pedido seja atendido.

Seis policiais militares, dos 38 agora anunciados, já haviam sido afastados dos serviços operacionais na última semana em decorrência das ação da PM em Paraisópolis. Agora, serão afastados outros 32.

(…)

x.x.x.x

PS do DCM: na segunda-feira (2) após o massacre, o governador de São Paulo convocou coletiva para reafirmar a determinação do Estado em manter a atuação da polícia, “sem alterações”.

Agora, com a forte repercussão do ato criminoso, mudou de posição.