Em editorial, Folha diz que 500 mil mortos é “fracasso de Bolsonaro que fica na história”

Publicado em 19 junho, 2021 11:45 pm
Reprodução

Neste sábado (19), o Brasil alcançou a triste marca dos 500.022 mortos por covid-19.

VEJA – 500 mil mortos: Brasil já tem mais vítimas que 5 genocídios

A Folha em seu editorial enfatizou que hoje é um dia para não ser esquecido por ser o “fracasso de Bolsonaro que fica na história”.

“Meio milhão de mortos constitui o resultado de um fracasso histórico —e disso jamais deveríamos nos esquecer. A civilização, afinal, também é o esforço incômodo do aprendizado, é a luta da memória da dor contra as tendências acomodatícias da anestesia”, escreveu.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!