Em nota aos israelenses, Bolsonaro diz que seu perdão do Holocausto é “pessoal”

Publicado em 14 abril, 2019 10:28 am
Bolsonaro e o embaixador de Israel Yossi Shelley

Jair Bolsonaro mandou um pedido de desculpas aos israelenses, postado no Facebook do embaixador Yossi Shelley.

Ao povo de Israel:

Deixei escrito no livro de visitantes do Memorial do Holocausto em Jerusalém: “AQUELE QUE ESQUECE SEU PASSADO ESTÁ CONDENADO A NÃO TER FUTURO”.

Portanto, qualquer outra interpretação só interessa a quem quer me afastar dos amigos judeus.

Já o perdão, (sic) é algo pessoal, nunca num contexto histórico como no caso do Holocausto, onde (sic) milhões de inocentes foram mortos num cruel genocídio.

JAIR MESSIAS BOLSONARO – PRESIDENTE DO BRASIL