Ministério da Saúde apaga postagens sobre aplicativo que receitava cloroquina

Publicado em 23 fevereiro, 2021 11:17 am
Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, segue internado (Crédito: Arquivo Agência Brasil)

O Ministério da Saúde, acuado com os inquéritos, apagou tuítes sobre o TrateCov, aplicativo do governo que receitava drogas do tratamento precoce.

Segundo o projeto 7c0, robô no Twitter que mostra posts apagados de atores políticos no Twitter, foram apagadas duas publicações.

“Ferramenta fornecerá um mecanismo com mais segurança e rapidez no atendimento a pacientes com a doença”, dizia uma delas.

O TrateCOV dá autonomia a profissionais habilitados p/ encaminharem o atendimento de acordo c/ a individualidade do paciente. O app foi desenvolvido pelo @minsaude  e começa a ser usado em Manaus (…)”, afirmava a pasta em outro.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!