Olavo de Carvalho queima Decotelli e defende sua fã Ilona Becskeházy para a Educação

Publicado em 29 junho, 2020 10:33 pm
Ilona Becskeházy. Foto: Reprodução

Segundo o jornal Brasil Sem Medo, de Olavo de Carvalho, Ilona Becskeházy, atual secretária de Educação Básica do MEC, é “a solução” e “um dos melhores nomes” para assumir a pasta.

Bolsonarista e apoiadora de Weintraub, Ilona é uma maneira de salvar o ministério “das hienas esquerdistas, dos tubarões globalistas e das capivaras da velha política”, segundo o jornal.

Ilona foi diretora da Fundação Lehmann e já afirmou que “na área da educação, o governo pode tudo”.

Após a fuga de Weintraub, houve uma queda de braço entre a ala ideológica, do guru, e os militares. Olavo perdeu e a indicação de Decotelli foi articulada pelos generais do governo.

Com as fraudes descobertas no currículo de Decotelli, o jornal de Olavo iniciou a fritura e o disse que o caso “ficou muito feio”:

“Definitivamente, não será uma boa ideia para o presidente Bolsonaro ter um Doutor Honoris Quase na Esplanada”.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!