Cunha critica vídeo de Temer zombando de Bolsonaro: “Deselegante”

Publicado em 15 setembro, 2021 10:12 am
Temer morre de rir de imitação de Bolsonaro em jantar
Temer morre de rir de imitação de Bolsonaro em jantar | Reprodução do vídeo

Após viralizar o vídeo de Michel Temer rindo da imitação de André Marinho de Jair Bolsonaro, Eduardo Cunha foi às redes. Segundo o ex-presidente da Câmara, foi “muito deselegante” a publicação do trecho.

Ele diz que o emedebista mandou “o seu ‘marqueteiro’ filmar um jantar privado” e o autorizou a “divulgar imitação depreciativa”. De fato, quem filmou e espalhou a gravação foi Elsinho Mouco, assessor de Temer.

Posteriormente, Cunha disse que o vazamento “não combina com quem quer posar de pacificador”. O ex-presidente telefonou a Bolsonaro para se desculpar no mesmo dia. Para o ex-deputado, no entanto, “depois do gesto deselegante não adianta telefonar se justificando”.

Leia também:

1 – Ex-presidente cria crise com empresários por causa de Bolsonaro

2 –  Enquanto escrevia carta ao STF, ex- presidente traía Bolsonaro em manifesto do MDB

Encontro de Temer ocorreu no apartamento de Naji Nahas

O encontro ocorreu no apartamento de Naji Nahas, em São Paulo, e foi organizado por Temer.

Ele estava na mesa junto de outros nomes, como João Carlos Saad, presidente do grupo Bandeirantes; Gilberto Kassab, presidente do PSD, Roberto D’Ávila, apresentador e diretor da GloboNews; Raul Cutait, cirurgião Sírio Libanês, e o empresário e investidor Naji Nahas.

Estava também presente José Yunes, velho amigo de Temer, preso em 2018 no inquérito sobre o decreto dos portos que investigava o golpista Michel.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!