URGENTE – Câmara dos Representantes dos EUA aprova o impeachment de Trump

Publicado em 13 janeiro, 2021 6:34 pm
Trump é o primeiro presidente dos EUA a sofrer dois processos de impeachment (Saul Loeb/AFP)

A Câmara dos Representantes dos Estados Unidos aprovou o segundo impeachment contra o presidente Donald Trump.

A aprovação ocorre faltando uma semana para a posse do presidente eleito, o democrata Joe Biden. O líder republicano é acusado de ter incitado a tentativa de golpe de Estado, quando apoiadores do presidente invadiram o Capitólio com objetivo de impedir a certificação da vitória de Joe Biden nas eleições presidenciais.

A invasão do Congresso deixou pelo menos cinco mortos e chocou a democracia dos Estados Unidos. Deputados iniciaram a sessão de debates pela manhã e concluíram a votação no fim da tarde. O resultado já era esperado, já que os democratas controlam a Câmara, mas teve a adesão de vários congressistas republicanos, em momento histórico na política americana, fazendo de Trump o primeiro presidente dos EUA a ser julgado duas vezes no Congresso. Nenhum republicano na Câmara de Representantes apoiou o impeachment anterior contra Trump em 2019, e apenas um senador do partido, Mitt Romney, votou para condená-lo.

Naquela ocasião, o presidente foi então absolvido da acusação de reter ajuda financeira para obrigar a Ucrânia a investigar uma suposta corrupção de seu adversário político Biden.

Desta vez, nove republicanos votaram a favor do “impeachment”, entre eles Liz Cheney, uma das líderes da minoria republicana e filha do ex-vice-presidente Dick Cheney. “Nada disso teria acontecido sem o presidente”, disse ela sobre o ataque ao Capitólio. Outros parlamentares experientes, como Adam Kinzinger, John Katko e Fred Upton também votaram pelo afastamento.

A adesão ao impeachment de Trump não alcançou apenas nomes experientes do partido. Deputados republicanos novatos, empossados no dia da invasão do Capitólio, também votaram favoráveis ao impeachment.

Pelo menos 10 republicanos votaram pelo impedimento de Donald Trump. A matéria agora segue para o Senado.

X.X.X

LEIA TAMBÉM: Líder republicano no Senado diz que impeachment de Trump só entra em pauta após posse de Biden

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!