PT comemora liderança de Haddad em pesquisa e diz que PSDB ‘empacou’ em SP

Fernando Haddad dando entrevista
Fernando Haddad é o líder na corrida eleitoral em SP

A pesquisa do Instituto Badra que mostra Fernando Haddad como líder na corrida ao governo de SP em 2022 animou o PT.

No partido, é cada vez mais consistente a ideia de que o campo progressista pode superar o PSDB no estado mais conservador do país – os tucanos governam SP desde 1994.

LEIA também: 

1. Alckmin está condenado a perder em SP ou, mais provável, nem disputar; entenda

2. Rachadinha: se condenados, Flávio e Carlos podem ficar inelegíveis

3. Maioria dos brasileiros aprova recuo de Bolsonaro para o STF, diz pesquisa PoderData

Pelos números apresentados no levantamento, Haddad lidera com 20,7% das intenções de votos, seguido de Márcio França, do PSB, com 17,6%, e Guilherme Boulos, do PSOL, com 10%.

O tucano Geraldo Alckmin vem em 4o lugar com apenas um dígito: 9,8%, seguido de seu colega de partido, Rodrigo Garcia, com apenas 1,3%.

O DCM conversou com Simão Pedro, ex-deputado e membro da Executiva Estadual do PT. Por quatro anos, foi Secretário Municipal de Serviços na gestão de Fernando Haddad como prefeito de São Paulo.

“Haddad é o candidato do Lula e um político muito sério e preparado”, disse Simão.

“Está dialogando com a militância e lideranças petistas desde o mês de abril, além de falar com a sociedade e formadores de opiniões através das mais de 70 entrevistas a rádios e sites em todas as regiões do estado”.

PSDB empacou São Paulo

Segundo o ex-secretário e dirigente no campo popular do partido, o candidato vai começar a viajar pelo interior.

“Agora já vacinado com as duas doses, também está fazendo agendas presencias, conhecendo melhor as demandas e experiências positivas que nosso povo vai construindo e recolhendo ideias para um futuro plano de governo. É o nome forte da esquerda para acabar com essa hegemonia do mesmo grupo que empacou em nosso estado há 30 anos”.