Jair, aos ministros: “Toma cloroquina pra ficar na Esplanada”. Por Fernando Brito

Presidente Jair Bolsonaro mostra embalagem de hidroxicloroquina Foto: Reprodução

Originalmente publicado em TIJOLAÇO

Por Fernando Brito

Jair Bolsonaro não para de se superar nos “micos” a que submete o país.

Agora anuncia que a gente vai fazer um vídeo na semana, os 22 ministros, todos aqueles que tomaram hidroxicloroquina vão falar ‘eu tomei’.

VEJA – Bolsonaro manda os 22 ministros gravarem vídeo dizendo que tomaram cloroquina

Que espetáculo!

Vamos colocar os 22 (sic) ministros do Governo na frente do altar do Youtube, recitando: “em louvor ao Messias Bolsonaro, proclamo que tomei cloroquina, em nome do pai, do filho 01, 02, 03 e 04”.

Não é o Credo, é o cruz-credo.

Quem não gravar a confissão perde o lugar na Esplanada dos Ministérios, por não passar no “teste da farinha de cloroquina”?

Será que o Marcelo Queiroga vai gravar?

E o general Braga Neto?

Será que ele vai, também, convocar os comandantes do Exército, Marinha e Aeronáutica para se submeterem a esta “profissão de fé” na cloroquina?

Será que já alcançamos o limite do ridículo ou Bolsonaro conseguirá imaginar alguma situação mais humilhante para seus servos fiéis?

Que vergonha, um bando de marmanjos, diversos deles generais ou altos oficiais das Forças Armadas se submetendo a isso, a ajoelhar a dignidade no milho da humilhação para agradar ao Jim Jones tropical.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!