Juíza arquiva processo contra Felipe Neto por suspeita de “corrupção de menores”

Felipe Neto. Foto: Reprodução/YouTube

A juíza Daniella Alvarez Prado, da 35ª Vara Criminal do Rio de Janeiro, arquivou o processo contra o youtuber Felipe Neto. Felipe era investigado por suspeita de corrupção de menores.

LEIA – Juiz tranca e manda arquivar inquérito de Carluxo contra Felipe Neto

A magistrada do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) aceitou o pedido do Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) e decidiu pelo arquivamento do caso. Felipe comemorou a decisão em suas redes sociais. 

LEIA MAIS – Promotor tira indiciamento de Felipe Neto por “corrupção de menores” do delegado do inquérito de Carluxo

“Mais um capítulo da campanha de ódio contra mim foi encerrado hoje. O processo absurdo e cruel contra mim, alegando corrupção de menores, foi arquivado em definitivo. Por favor, espalhem o link para os bolsonaristas, mostrem a verdade“, disse o influenciador no Twitter.

Essa investigação contra Felipe partiu da Delegacia de Repressão a Crimes de Informática (DRCI), que deu início ao caso em novembro de 2020 Investigadores afirmaram na ocasião que o influenciador digital seria suspeito de divulgar material impróprio para crianças e adolescentes em seu canal do Youtube. De acordo com a polícia, Felipe Neto não teria limitado a classificação etária dos vídeos que teriam “conteúdo e linguajar inapropriado para menores”.

Há um mês, o youtuber Felipe Neto também viu a Justiça arquivar outro inquérito contra ele. Na ocasião, a investigação contra o youtuber foi por ele ter chamado o presidente Jair Bolsonaro de genocida. Na decisão, a juíza Gisele Guida Faria, da 38ª Vara Criminal, afirmou: “A conduta do paciente expressou, apenas, ácida crítica ao Presidente da República, sem objetivar ou colocar em risco o Estado ou suas instituições”.

No mês de março, a Justiça do Rio já havia suspendido, através de liminar, o inquérito que investigava o caso, aberto após pedido do filho de Jair, o vereador Carlos Bolsonaro, o Carluxo.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!