Lira assinalou que Bolsonaro podia subir ainda mais o tom. Por Luis Felipe Miguel

Arthur Lira e Jair Bolsonaro. Foto: Divulgação/Presidência da República

Publicado originalmente no Facebook do autor:

Por Luis Felipe Miguel

Quando houve a eleição para a presidência da Câmara, a polêmica na esquerda era se devia apoiar Baleia Rossi, o candidato de Rodrigo Maia, ou lançar uma candidatura própria, para marcar posição.

Havia argumentos razoáveis de lado a lado. Um deles era que Rossi e Lira seriam a mesma coisa. Nenhum deles levaria adiante o impeachment e ambos se alinhavam às reformas destrutivas de Guedes.

Hoje está claro que não é assim. Talvez Rossi não colocasse mesmo em pauta o impeachment. Mas é provável que Bolsonaro estivesse um pouco menos descomedido: foi a vitória de seu candidato Lira que assinalou que ele podia subir ainda mais o tom, sem qualquer preocupação.

E a velocidade da destruição do Estado brasileiro e dos direitos afirmados no pacto constitucional de 1988, sob Lira, não tem precedentes.

Leia também:

1 – Cunha chama Rodrigo Maia de “fraco e covarde” por não ter aberto impeachment de Bolsonaro

2 – Presidente da Câmara critica uso de blindados, mas chama ameaça de ‘coincidência’

3 – Vice-presidente da Câmara quer analisar os 127 pedidos de impeachment contra Bolsonaro

Lira e os projetos

Enquanto comemoramos vitórias sobre factoides como voto impresso e distritão, a boiada está passando. A reforma regimental de Lira reduziu a possibilidade de expressão da oposição e garante que os retrocessos sejam aprovados a toque de caixa, sem qualquer interlocução com a sociedade.

A cada semana, a lista de medidas a serem desfeitas por um eventual governo democrático aumenta.

Não creio que a posição da esquerda, que acabou chegando dividida à votação, tenho sido decisiva para a derrota de Rossi. Mas vale aprender a lição. Marcar posição numa eleição interna da Câmara não fez a luta popular avançar um centímetro. Já evitar a vitória do mal maior teria feito bastante diferença.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!