Lula venceria Bolsonaro no segundo turno, diz pesquisa

Jair Bolsonaro e Lula. (Crédito: Alan Santos/Reprodução/AFP)

Pesquisa eleitoral Futura Inteligência/Modalmais, divulgada nesta quarta (25), mostra que, apesar de ganhar na preferência entre julho e agosto, de 32,9% para 38,8%, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) seria derrotado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no segundo turno.

LEIA MAIS:

1 – CPI convoca motoboy que sacou R$ 4 milhões para empresa de logística ligada ao Ministério da Saúde

2 – Nos 60 anos da Campanha da Legalidade, Brasil segue acossado pelos militares. Por Jeferson Miola

Como está Lula

A preferência no ex-presidente recuou de 51,3% para 46,9% entre as duas enquetes, mas ele continua na dianteira nos diferentes cenários pesquisados.

Esse novo levantamento encomendado pelo banco digital Modalmais mostra que em uma pesquisa espontânea, Bolsonaro e Lula estão tecnicamente empatados na preferência do eleitorado em um primeiro turno se as eleições fossem hoje, porque tiveram 31% da intenção de voto. No levantamento anterior, divulgado em julho, o petista tinha 30,1% da preferência nas respostas espontâneas, enquanto o chefe do Executivo, 24%.

A rejeição a Bolsonaro continua maior do que a de Lula, apesar de um recuo entre as duas enquetes. Enquanto 41% dos eleitores disseram que não votariam no atual presidente, 31,6% rejeitam o candidato petista em uma pesquisa espontânea. Em julho, esses percentuais eram de 49% e 26%, respectivamente. Já a rejeição estimulada de Bolsonaro é maior ainda, de 45,3%, enquanto a de Lula, de 38,3%.

Confira a pesquisa.