Márcio França confirma que Alckmin deixará o PSDB

Márcio França e Alckmin
Márcio França falou da possibilidade de Alckmin ser vice de Lula

Márcio França contou na terça (30) que Geraldo Alckmin vai deixar o PSDB nesta semana. Isto porque, segundo o ex-prefeito de São Vicente, o ex-governador de São Paulo não tem mais clima para continuar no partido tucano. Porém, não confirmou para qual legenda seu aliado vai.

“Agora está maduro pra ele se desfiliar, não há mais espaço no PSDB. Nem o PSDB quer e nem ele”, comentou França no evento da Sindhosp. Já era esperada a saída do médico da agremiação. Isto porque João Doria, pré-candidato à Presidência, anulou qualquer tentativa de Alckmin ser candidato ao governo pela sigla.

Além disso, falou que Geraldo poderia concorrer ao Senado ou como deputado federal. Sem prestígio, o ex-governador havia avisado para aliados que não tinha mais clima para continuar no PSDB. Ele apenas iria aguardar as prévias.

Leia mais:

1 – Apesar de abrir inquéritos contra críticos de Bolsonaro, Mendonça nega perseguição política

2 – “André Mendonça vai deixar o Bolsonaro sem roupa no STF”, diz senador da oposição

3 – DCM Ao Meio-Dia: O terrivelmente evangélico André Mendonça é sabatinado no Senado

Alckmin vice de Lula? Márcio França responde

Márcio França também foi questionado sobre a possibilidade de uma chapa encabeçada por Lula e Geraldo como vice. “Certamente ele [Alckmin] é um nome que pode interferir na decisão nacional”, pontuou.

“Mas, se eu o conheço, vai esticar um pouco essa decisão porque é uma decisão difícil pra vida dele. É uma novidade, ninguém imaginava uma opção dessa, de fazer uma união de duas pessoas que estavam sempre em posições antagônicas”, completou.

Participe de nosso grupo no WhatsApp clicando neste link 

Entre em nosso canal no Telegram, clique neste link