“André Mendonça vai deixar o Bolsonaro sem roupa no STF”, diz senador da oposição

André Mendonça sentado, no Senado, com um microfone à sua frente
André Mendonça vai abandonar Bolsonaro – Foto: Reprodução/TV Senado

Um senador de oposição ao Governo Federal afirmou categoricamente que André Mendonça sairá vencedor. A sabatina do escolhido por Bolsonaro para o STF acontece hoje (1º) no Senado e a aposta é que ele conseguirá os votos necessários. Mas o mesmo parlamentar garante que o indicado abandonará o presidente quando estiver no Supremo.

Uma pessoa ligada a este senador contou ao DCM o que ele disse a um grupo de assessores e parlamentares. “Vai deixar o Bolsonaro completamente sem roupa no STF”. Já o assessor que conversou com a reportagem explica que “O senador tem convicção que Mendonça não irá dançar conforme a música bolsonarista e por isso será aprovado”. Não se sabe, no entanto, de onde vem tamanha convicção, já que o jurista foi até advogado pessoal do presidente.

Mesmo assim, os comentários entre este grupo é de que Mendonça será aprovado. “Vai ter pelo menos 45 votos favoráveis”, aposta uma pessoa ligada a este senador, que pretende votar sim. A expectativa é de que, se aprovado, ao assumir sua cadeira, ele não aja de acordo com os interesses do bolsonarismo. No entanto, o próprio indicado já garantiu que defenderá pautas conservadoras, principalmente nos costumes.

Leia também

1 – Ciro Gomes faz aposta para 2022: “Vou ganhar a presidência”

2 – Saiba o que disse André Mendonça sobre LGBTfobia e liberdade religiosa

3 – Em sabatina, André Mendonça diz que no STF seguirá Constituição e não Bíblia

André Mendonça no STF

A aposta de um senador de oposição, no entanto, não é a mesma de Alcolumbre. O presidente da CCJ continua alardeando que fará Mendonça ser derrotado. Nos corredores do Congresso, a equipe dele trabalha incessantemente para virar votos. A contabilidade de hoje, depois do início da sabatina, é otimista.

O DCM descobriu que a equipe de Alcolumbre estimava 47 votos contrários logo no início do dia. Isso garantiria, em caso de todos os senadores votarem, apenas 34 favoráveis. A leitura do senador é bem diferente do próprio Mendonça, que calcula 51 votos favoráveis. Já o senador de oposição, acredita nos 45. Ou seja, cada um tem sua própria planilha.

Participe de nosso grupo no WhatsApp clicando neste link 

Entre em nosso canal no Telegram, clique neste link