VÍDEO – Metodologia Paulo Freire revoluciona povoado no sertão

Metodologia Paulo Freire revoluciona povoado no sertão. Foto: Reprodução/YouTube

100 anos depois de seu nascimento, Paulo Freire continua mudando o Brasil. Ele é considerado o maior educador da nossa história. As informações sobre essa mudança e do vídeo são da Repórter Brasil.

LEIA MAIS:

1 – “Chorei por causa do MST”, diz um farialimer convertido

2 – VÍDEO – ‘Não sou cobaia”: negacionista toma vacina com cartaz chamando Eduardo Paes de ditador

Paulo Freire muda o sertão

“Um povoado desconhecido no sertão brasileiro, com alta taxa de pobreza e uma multidão de trabalhadores analfabetos, viveu uma revolução: em apenas 40 horas, um grupo de professores liderados pelo educador Paulo Freire ensinou 300 adultos a ler e a escrever.

Mais do que criar novos leitores, a primeira experiência de alfabetização em massa do país, realizada em 1963 Angicos, no Rio Grande do Norte, gerou novas possibilidades de emprego, deu aos trabalhadores o tão sonhado poder do voto e os ensinou sobre seus direitos – especialmente os trabalhistas”.

Veja o vídeo.

Padilha no DCM

O deputado federal Alexandre Padilha afirmou que Marcelo Queiroga pode ter cometido um crime ao suspender a vacinação de adolescentes contra a Covid-19.

O parlamentar explicou o seguinte:

Se o ministro da Saúde se baseou na bolsonarista Ana Paula do Vôlei para suspender vacina, ele pode ter cometido crime de improbidade administrativa.

O deputado apontou que a suspensão foi realizada porque o governo se negou a comprar a totalidade de vacinas ofertadas pela Pfizer, está se negando a comprar as vacinas do Butantan e mandou reduzir a quantidade de doses produzidas pela Fiocruz.

“O ideal é você dar uma dose de reforço com uma vacina diferente da dada na primeira e na segunda dose, que você tem uma resposta melhor. Qual a vacina que sobra para fazer isso? A Pfizer, que era a única autorizada para adolescente”, disse.

“O ministério da Saúde mandou cancelar a vacina para adolescente porque não tem vacina para dar o reforço para idosos e profissionais de saúde”, afirmou Padilha.