Moro não quer mais ser candidato da 3ª via e luta por outro apelido

Moro terceira via
Moro não quer ser o candidato da terceira via

Moro se consolidou como o principal nome da terceira via, mas ele quer outro apelido. O ex-ministro da Justiça avisou para aliados que não quer ser visto como uma alternativa paralela ao bolsonarismo e ao petismo. Seu objetivo é ter um único inimigo e vai destacar isso a partir de agora.

Conforme apurou o DCM, o ex-juiz quer ser colocado como o candidato “anti-Lula”. Só que aliados são contrários a isso. Isto porque, numa guerra narrativa sobre o tema, Bolsoanro se sairia melhor. Na opinião dos interlocutores, Moro necessita bater em ambos os lados.

“Tentar rivalizar só com o Lula não vai funcionar, porque Bolsonaro tem um discurso muito mais radical. Ele jamais chamaria o ex-presidente de ‘nove dedos’. Ou de ‘ex-presidiário’. O atual presidente não só chamaria, como já chama. Isso faz o eleitor médio de direita embarcar. Moro precisa bater nos dois lados”, falou um aliado.

Leia mais:

1 – Relatórios do Coaf sobre ‘rachadinha’ de Flávio Bolsonaro são anulados pelo STF

2 – VÍDEO: Thammy Miranda cita ataques de clã-Bolsonaro e anuncia decisão

3 – VÍDEO: Pacheco afirma que avisará STF sobre nova regulamentação do “Orçamento Secreto”

Moro não quer ser a terceira via

O desejo do ex-juiz de tirar a marca de terceira via não é por acaso. Seu objetivo é se distanciar de João Doria e Ciro Gomes. Nesta semana, por exemplo, o MBL, apoiador do ex-ministro, já se manifestou contrário ao governador de São Paulo.

Tendo consciência que o empresário vai para a guerra, Moro quer manter uma distância segura do ex-prefeito da capital paulista. O único problema para ele é que Lula tem mais de 40% das intenções de votos.

Participe de nosso grupo no WhatsApp clicando neste link.

Entre em nosso canal no Telegram, clique neste link.