MPE e TSE vão investigar denúncia contra presidente da Caixa

Prédio Caixa
Foto: Reprodução

O MPE e o TSE vão investigar a denúncia, feita pelo movimento sindical bancário contra o presidente da Caixa, Pedro Guimarães. O coletivo acusa Pedro de uso de recursos do banco para promoção pessoal e finalidade política.

No começo de outubro, os ministros do TCU decidiram não aceitar a denúncia. Alegaram que não houve comprovação dos indícios de utilização de recursos da Caixa na realização de eventos, que configurariam campanha eleitoral antecipada do presidente da Caixa e do presidente Jair Bolsonaro..

Porém, o tribunal decidiu haver evidências de possível realização de campanha eleitoral antecipada, fora do período permitido pela legislação vigente. Por esse motivo, decidiram encaminhar cópia da deliberação para conhecimento do Tribunal Superior Eleitoral e do Ministério Público Eleitoral.

Leia também:

1; Enquanto não é deportado, Allan dos Santos cria site e pede dinheiro para seguidores

2; Ministra do STF, Cármen Lúcia manda recado a Bolsonaro: “Fome é inconstitucional”

3; Alexandre Nero compara o caso Alec Baldwin às imagens de Bolsonaro posando com armas e crianças

Fenae defende medida

A Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa (Fenae) apoia a medida e defende a ampla e rigorosamente investigação da denúncia. Com informações da Folha do Estado.

“São graves indícios de tráfico de influência, uso indevido dos canais de comunicação da empresa para benefício próprio, autopromoção e obtenção de vantagens. Tudo isso precisa ser apurado e os responsáveis, devidamente penalizados”, defende o presidente da Fenae, Sergio Takemoto.

“A Caixa Econômica Federal é um banco público centenário e não pode ser transformada em balcão de negócios para beneficiar um grupo de políticos ou um governo. A Caixa é do Brasil”, ressalta Takemoto.

O processo chegou ao MPE nesta semana e ao TSE, dia 15. A ação foi apresentada pelo Sindicato dos Bancários de Brasília e a Federação dos Trabalhadores em Empresas de Crédito do Centro Norte.