Mulher de Márcio Garcia, nutricionista é fã de médica negacionista que entregou dossiê antivacina a Bolsonaro

Mulher de Márcio Garcia elogia a médica negacionista Maria Emília

Numa entrevista chapa branca no Bial, Márcio Garcia explicou o beijo que deu em Jair Bolsonaro como uma “brincadeira” e completou com o clássico “não sou de direita e nem de esquerda”.

Ou seja, é de direita.

Ex-lavajatista, Garcia é bolsonarista de armário porque, hoje, pega mal na Globo. Ele é casado há 18 anos com a nutricionista Andréa Santa Rosa Garcia. 

Andréa tem uma clínica e dá dicas de saúde no Instagram de como “potencializar a imunidade no dia-a-dia” em tempos de pandemia: tomar todo dia de manhã uma mistura de limão espremido, 15 gotas de própolis, uma colher de café de cúrcuma em pó, gengibre ralado e uma colher de chá de glutamina. 

Nada de vacina, claro. Em dezembro, Garcia perdeu o pai para a Covid-19.

Leia mais:

1 – VÍDEO: Nego do Borel é acusado de estupro contra Dayane em A Fazenda

2 – Prevent Senior fez competição de prescrição do “kit covid” entre médicos

3 – Lula já tem um plano para eleger Haddad governador

Mulher de Márcio Garcia e a vacina

Não se encontra nas redes de Andréa uma palavra sobre vacinação, mas ela deixou clara sua posição. Na semana, foi ao Instagram da médica Maria Emília Gadelha Serra elogiá-la.

Obrigado por tudo minha professora que tanto admiro”, escreveu numa postagem em que Maria Emília anunciava entrevista ao blog bolsonarista Terça Livre.

A médica Maria Emília Gadelha Serra (à direita) com Bolsonaro

A “professora” de Andréa é negacionista e, em julho, entregou pessoalmente a Bolsonaro um documento de 15 páginas sobre “riscos” das vacinas.

O material, produzido por um grupo de médicos liderados por ela, chama os imunizantes de “produtos experimentais injetáveis”.

Maria Emília Serra também é presidente da Sociedade Brasileira de Ozonioterapia Médica (SOBOM) e contra o “passaporte da imunidade”.

O dossiê levado a Bolsonaro pede ainda notificação obrigatória dos efeitos adversos, autópsia de vacinados etc. Ela teve um vídeo derrubado no Youtube de um papo furado na Jovem Pan. O Facebook também costuma tira do ar suas fake news.

Esteve na Paulista no 7 de setembro protestando contra o “passaporte comunista” — e ganhou as palminhas de Andréa.

“Passaporte sanitário comunista”