Mulher que chamou Teich de “monstro” diz que lembrou da morte “dolorosa” da mãe e pede desculpas

Nelson Teich | Reprodução / YouTube

Publicado no Facebook de Regina Pussente

Então, como boa brasileira q sou. Achava até ontem q as coisas só aconteciam com os outros. Tenho plena consciência do meu erro, e pelo qual me arrependo profundamente. Em momento algum quis me vitimizar, apenar quis pedir desculpas aos q envolvi. Mas para alguns, um pedido de desculpas tem q vir acompanhado de linchamento em praça pública. E esses TB peço desculpas e aceito q continuem a destilar seu ódio. Como expliquei em um post anterior, fui invadida por lembranças muito dolorosas por conta da morte da minha mãe. E por isso, fiz um comentário infeliz a respeito do Dr. Nelson, qdo médico ( minha morreu em 1999).

Acabei me excedendo com o Ministro Nelson em 2020. Me arrependo profundamente por vários motivos e sentimentos. Esse post em particular, apesar de ter sido citado o Dr. Nelson em um momento de dor, foi mais o desabafo da dolorosa lembrança da perda de uma pessoa prá lá de especial do q com política, apesar de q erradamente tenha envolvido. Li q para um médico ser um bom profissional, tem q ter a frieza necessária.

Como não sou médica, apenas uma filha q sofria c o sofrimento de sua mãe, não soube lidar com esse sentimento q veio a tona outra vez. Até pq o Sr. em questão, não foi o causador do câncer maldito, nem fez nada q o desabonasse, pelo menos que eu saiba, no mundo político.

Tivemos conflitos de sentimentos, nada além. Estou escrevendo com um misto de vergonha, por nos meus 54 anos de vida, ter q me retratar como uma criança, por ter cometido o erro de deixar um sentimento me tirar do eixo, qdo deveria ter maturidade de separar as circunstâncias. Um misto de tristeza de ter com meus atos, feito meus filhos e minha irmã sofrerem.

Um pouco de repulsa por sentir na pele do q o ser humano é capaz de fazer. Um pouco de remorso por ter exposto o sofrimento da minha mãe a comentários maldosos. Um pouco de arrependimento em ter usada a minha página, q me dá o sustento, para um desabafo particular e inoportuno. Um pouco de raiva, de ver q democracia não há, pois qualquer coisa q se diga, qualquer opinião contrária,(desde religião, opção sexual, política…) é logo analisada da forma q convém para quem lê, e logo vc é subjugada e condenada a ser escória do mundo.E por fim, pq não admitir, um pouco de medo do circo q foi armado. Uma verdadeira profusão de sentimentos.Sendo assim, fica aqui meus sinceros pedidos de desculpas a minha família ( em especial meus filhos e irmã), meus clientes, amigos e ao Dr. Nelson q hj é o Ministro Nelson. Hj me vejo tendo q omitir até o nome q minha mãe me deu.

Nome este, q lutei com honestidade e humanidade, para seguir orgulhosa o caminha q ela me ensinou a caminhar. Hj como Ministro, oro a DEUS q lhe acompanhe em casa passo q for dar e q seu desempenho no Ministério da Saúde, seja excelente. Pois não tenho o menor constrangimento em vir aqui, outras e outras vezes me desculpar.

Ainda em tempo, peço q não comentem nada, pois não deixei aberto p receber aceitação e sim, por não saber bloquear comentários e deixar o posto público. Não quero criar mais polêmica, quero apenas me desculpar.

LEIA TAMBÉM – Mulher chama novo ministro da Saúde de “monstro” ao narrar experiência com sua mãe

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!