Para Miranda, Bolsonaro também citou Lira e Ciro Nogueira ao falar do caso Covaxin ligado a Barros

O deputado Luis Miranda (DEM-DF) que foi o pivô do caso Covaxin é da base do governo. Reprodução: Carta capital

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido), em sua conversa supostamente gravada por Luis Miranda, além de citar Ricardo Barros, acusando-o de comandar o esquema da Covaxin, citou mais dois nomes relevantes.

LEIA NO DCM – EXCLUSIVO: As conexões entre a Precisa, do caso Covaxin, e um sobrinho de Silvio Santos. Por Zambarda

São políticos do Centrão.

LEIA – CPI da Covid convoca sócio oculto do empresário da Precisa, do escândalo da Covaxin

Na gravação, Bolsonaro supostamente citou Arthur Lira, o presidente da Câmara, e Ciro Nogueira.

A informação é de uma fonte de Diogo Mainardi no site de extrema direita O Antagonista.

O áudio ainda não foi divulgado.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!