PM comunista responde processos na corporação por se manifestar contra Bolsonaro

O capitão da Polícia Militar do Espírito Santo (PM-ES), Vinícius Sousa. Foto: Arquivo Pessoal
O capitão da Polícia Militar do Espírito Santo (PM-ES), Vinícius Sousa. Foto: Arquivo Pessoal

O capitão da Polícia Militar do Espírito Santo (PM-ES) Vinícius Sousa está respondendo a dois processos por ter participado de uma manifestação contra o presidente Jair Bolsonaro (PL), em julho, e por entrevistas dadas a jornais sobre segurança pública, em que criticou o governo federal.

“Eu incomodo porque sou comunista”, afirmou o Capitão Sousa. Ele participa, também, do movimento de policiais antifascistas.

Leia mais:

1. Com 44%, Lula mantém liderança folgada, segundo pesquisa Ipespe

2. Mamãe Falei, coveiro de Moro, foi responsável por onda de ódio contra padre Júlio Lancellotti

3. Moro diz que não revela salário na Alvarez & Marsal “por ser uma relação privada”

O PM será submetido a um interrogatório na segunda-feira (17), na Corregedoria da corporação. Os processos foram instaurados contra ele em dezembro.

Sousa afirma que não desrespeitou nenhuma autoridade e que não teme se manifestar contra a injustiça e a desigualdade. Ele defende que pode exercer seu direito de ter uma ideologia que direcione sua visão de mundo. Destaca, mesmo assim, que não pertence a nenhum partido político.

Com informações do site Século Diário

Com 44%, Lula mantém liderança folgada, segundo pesquisa Ipespe

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) mantém uma liderança folgada na pesquisa mais recente do Ipespe, divulgada nesta sexta-feira (14). O presidente Jair Bolsonaro (PL) está estável na segunda colocação.

No primeiro cenário, em que Sergio Moro (Podemos) aparece como candidato, Lula tem 44% das intenções de voto e é seguido por Bolsonaro, que tem 24%. O ex-juiz aparece com 9%, depois Ciro com 7% e Doria com 2%.

Tebet (MDB), Pacheco (PSD) e D’Ávila (Novo) tem 1%. Brancos são 6%. Não sabem, 7%.

O segundo cenário tira Moro e acrescenta Alessandro Vieira (Cidadania). Nesse, o petista continua com 44%, seguido por Bolsonaro com 25%. Ciro sobe para 9%. Doria tem 3%. Tebet sobe para 2%.

Continue lendo.

Participe de nosso grupo no WhatsApp clicando neste link

Entre em nosso canal no Telegram, clique neste link