Portuários italianos param o arsenal de guerra que ia para Israel

Portuários italianos param o arsenal de guerra que ia para Israel. Foto: Reprodução/Esquerda Diário

Publicado originalmente no site Esquerda Diário

Nesta sexta-feira, o navio da Asiatic Island chegara ao porto de Livorno, Itália. Graças ao informe do Coletivo Autônomo de Trabalhadores Portuários de Gênova e da associação WeaponWhath, o sindicato soube que dentro dele há contêineres carregados com armas e explosivos que se dirigem ao porto israelense de Ashdod. Armas e explosivos que serão usados ​​para matar a população palestina já atingida por um severo ataque nas últimas noites que já causou centenas de vítimas entre a população civil, incluindo muitas crianças.

LEIA – Manifestações em todo o mundo condenam ataques de Israel contra Gaza

Os sindicatos dos trabalhadores portuários estão tentando reunir informações sobre mais carregamentos para impedi-los de chegar a Israel em solidariedade à Palestina. Ontem eles receberam um relatório sobre a presença de dezenas de veículos militares blindados prontos para serem embarcados para Israel.

CONFIRA – “Sou apenas uma criança, não sei o que fazer”, diz palestina de 10 anos após ataque de Israel

Este sábado, a União Sindical de Base estará nas ruas de Livorno em solidariedade com a população palestina para pedir o cessar imediato do bombardeio à Gaza e o fim das expropriações dos lares dos palestinos que estão vivendo sob comando militar e ocupação territorial durante anos. Esses exemplos de solidariedade dos trabalhadores, se multiplicados, podem rapidamente interromper os ataques criminosos do Estado de Israel.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!