Relatório da Abin entregue a Bolsonaro questiona fortuna de dono da Havan

Bolsonaro passeia de moto com Luciano Hang: 420 mil mortos de covid-19

Em julho do ano passado, a Abin (Agência Brasileira de Inteligência) produziu um relatório de 15 páginas questionando a fortuna de Luciano Hang, o Véio da Havan.

À época, foi revelado pelo jornal Valor Econômico que ele era um dos responsáveis pela ideia de maquiar os dados da pandemia no país.

LEIA TAMBÉM: Como Luciano Hang controla sua cidade em SC e a mão dele no impeachment do prefeito

Os servidores usaram o documento para alertar o presidente sobre sua proximidade com o empresário bolsonarista e os riscos que isso poderia causar para a atual gestão.

O texto foi classificado como “reservado” e recentemente enviado a um senador CPI da Covid.

Antes, foi distribuído à Casa Civil, ao alto comando do Exército e à Polícia Federal.

LEIA TAMBÉM: Como Luciano Hang comprou a empresa da qual foi demitido, sepultando o RH

O documento é dividido em sete tópicos e investigou desde o início da vida empresarial de Luciano Hang, aos 21 anos, e vai até o possível financiamento de fake news, que é investigado pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

“Sempre expandindo os negócios, sem sócios, sem investidores, sem endividamento e muitas vezes parecendo possuir uma fonte oculta de recursos, que não se explicaria apenas por sonegação fiscal e contrabando de artigos importados para lojas”, diz trecho do relatório.

Segundo o texto, em 1997 o empresário bolsonarista passou a ter negócios com lisura questionável, com custo fixo mensal cinco vezes maior que o faturamento, prática de “agiotagem”, denúncias por lavagem de dinheiro, remessa de dinheiro de origem ilegal ou duvidosa, sonegação fiscal e contrabando de importados.

LEIA TAMBÉM: Funcionários da Havan relatam demissões e desrespeito a normas sanitárias em meio ao coronavírus

O relatório também aponta que Silvio Santos, cujo canal de televisão (SBT) tem a Havan como maior patrocinador privado, aproximou-se de Bolsonaro por meio de Luciano Hang.

Com informações do UOL.

O relatório não surtiu efeito algum no presidente, como se vê.

LEIA TAMBÉM: Luciano Hang demitiu mais de 2 mil pessoas na Semana Santa, diz sindicato

Recentemente, o presidente decidiu andar de moto com o empresário na garupa, apesar das suspeitas levantadas pelo órgão do governo.

No início da Copa América, transmitida no SBT, o presidente ainda fez questão de propagandear a empresa do bolsonarista, usando uma camiseta com o logo Havan estampado:

LEIA MAIS:

Como Luciano Hang escapou da prisão no TRF-4 após ser condenado em 2ª instância

O caso do suicídio do pai de Luciano Hang, “seu Lula”, transformado em “infarto” pela Havan

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!