“Semipresidencialismo surgiu antes da crise atual e não é invenção minha”, diz Arthur Lira

Bolsonaro e Arthur Lira rindo da cara dos brasileiros

O presidente da Câmara de Bolsonaro, Arthur Lira, tirou a culpa dele no golpe do semipresidencialismo.

LEIA – Flávio Bolsonaro, Lira e Ciro Nogueira teriam esquema em transporte de vacina, diz Miranda

Lira escreveu no Twitter:

LEIA MAIS – Para Miranda, Bolsonaro também citou Lira e Ciro Nogueira ao falar do caso Covaxin ligado a Barros

“Não há temas que não possam ser discutidos na Câmara dos Deputados. Esse foi um dos meus compromissos de campanha à presidência da Casa, que mantenho com muita honra e compromisso público.

Outro compromisso foi o de prestigiar e dar ainda mais importância aos órgãos colegiados, como o encontro que fazemos semanalmente com líderes de todos os partidos para a pauta de votações.

Acabamos com a vontade de um só, que votava ou não votava o que bem lhe aprouvesse. Não mais! Acabou a época de projetos esquecidos nas gavetas. E o semipresidencialismo é mais um desses. Surgiu antes da crise atual. Não é invenção minha.

Podemos, sim, discutir o semipresidencialismo, que só valeria para as eleições de 2026, como qualquer outro projeto ou ideia que diminua a instabilidade crônica que o Brasil vive há muito tempo.

Esse é o nosso trabalho, essa é a nossa obrigação. Pressões são normais mas aceitá-las ou guiar-se por elas pode não ser a melhor prática.

Como presidente da Câmara, estimulo o debate, tento trazer ao debate público soluções para os problemas do país. E é o que continuarei a fazer em cada dia do meu mandato”.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!