Sonia Guajajara denuncia repressão policial contra manifestação pacífica de indígenas

Sonia Guajajara. Foto: Wikimedia Commons

Indígenas estão protestando nesta terça (22) em Brasília contra a chamada PL490, considerada um “bolo de retrocessos” na política de guerras. Ela abre espaço, por exemplo, para expansão do garimpo na Era Bolsonaro.

LEIA – Justiça Federal pede o arquivamento de inquérito aberto contra Sônia Guajajara

A polícia está reprimindo violentamente índios, com balas de borracha.

LEIA MAIS – Advogados indígenas tentam barrar inquérito da PF contra Sonia Guajajara por críticas a Bolsonaro

A Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib) e a líder Sonia Guajajara estão denunciando essa violência no Instagram.

Confira o texto de Sonia:

“ESTADO AUTORITÁRIO | Repressão policial contra manifestação pacífica dos povos indígenas. Estamos desde 8 de junho mobilizados, em Brasília, no acampamento #LevantePelaTerra contra a agenda anti-indígena do Governo Federal e na luta pelo arquivamento da PL 490 que está na pauta da CCJ da Câmara dos Deputados”.

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Sonia Guajajara (@guajajarasonia)

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Apib (@apiboficial)

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Apib (@apiboficial)

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!