“Trump e Bolsonaro foram sinais de alerta. Não podemos ceder ao ódio”, diz âncora da CNN

“Trump e Bolsonaro foram sinais de alerta. Não podemos ceder ao ódio”, diz âncora da CNN. Foto: Reprodução/YouTube

Durante o lançamento da edição brasileira do seu novo livro, “10 Lições para o Mundo Pós-Pandemia”, dia 24 de fevereiro, o âncora do principal programa de assuntos internacionais da CNN americana e colunista do Washington Post, Fareed Zararia, falou para o canal Midiosfera no YouTube.

Esse jornalista indiano-americano, que de certa maneira previu a pandemia, fala agora sobre o que vem depois. Qual será a maior consequência? Como fica a globalização? E as relações EUA-China? Qual o papel do populismo? Fareed, que foi eleito um dos 10 maiores pensadores da última década pela revista Foreign Policy, traça um panorama claro dos desafios adiante e sugere como melhor navegar o novo mundo que se impôs sobre nós.

“Estamos vendo o surgimento de monopólios realmente poderosos em uma escala que as pessoas quase nunca viram antes”.

“Os mercados por si só não são suficientes”.

Trump, Bolsonaro, Brexit foram sinais de alerta, precisamos reconhecer que há pessoas que sentem que foram deixadas para trás. Mas temos que encontrar uma maneira construtiva de ajudá-los, não apenas ceder à raiva, à amargura, ao ódio”.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!