Um dos suspeitos de agressão é parlamentar, afirma Joice

A deputada Joice Hasselmann está com cinco fraturas no rosto. Foto: Bela Megale/Reprodução/Globo

A deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) disse que um parlamentar está entre as pessoas que ela suspeita da agressão. Embora não tenha citado nomes, declarou que grande parte dos seus desafetos “são do governo Bolsonaro atualmente”.

LEIA – “Atentado”: Joice aciona Polícia Legislativa após acordar em uma poça de sangue com fraturas pelo corpo

No dia 18 de julho, um domingo, ela acordou em seu apartamento funcional, em Brasília, deitada em uma “poça de sangue” e com fraturas pelo corpo, sem se lembrar o que exatamente teria acontecido. Joice fraturou ossos do rosto e uma costela, quebrou um dente e cortou o queixo. A última coisa que ela disse se lembrar é de estar sozinha em seu quarto assistindo a uma série da Netflix. Segundo ela, nada foi roubado.

LEIA MAIS – Marido de Joice Hasselmann nega agressão a deputada: “Jamais”

Em entrevista coletiva ao lado do marido, Joice disse que um dos suspeitos “tem acesso muito fácil ao prédio, e o outro a qualquer lugar que ele queira. Um deles fez ameaça, inclusive públicas, e o outro é um desafeto que já me mandou recados pesados, e recentemente eu dei uma entrevista fazendo críticas muito duras a essa pessoa”.