Um truculento também na presidência do Senado: o fascismo nos derrotou? Por Afrânio Silva Jardim

Davi Alcolumbre (Foto: Agência Senado)

PUBLICADO NO FACEBOOK DO AUTOR

O governo do capitão, após destruir a “alma” de grande parte dos brasileiros, agora vai destruindo a nossa democracia, vai destruindo as nossas instituições.

A prevalência do autoritarismo vai tornar difícil uma convivência pacífica e harmoniosa entre as classes sociais de nosso povo.

Eu estou profundamente incomodado com tudo isso. Não falta muito para termos de reconhecer e gritar, chorando: o fascismo nos derrotou !!!

Entretanto, não vamos nos render e a luta pela justiça social só terminará com o fim da pobreza e da miséria.

As classes dominantes precisam das classe exploradas para a sua própria sobrevivência. Eles precisam dos pobres para trabalharem para eles. Assim, os capitalistas não querem a extinção dos explorados, mas sim a sua domesticação, a sua subserviência.

O dia em que o trabalhador tiver consciência de classe, tiver consciência política, tiver consciência do processo de exploração a que está sendo submetido, o mundo será modificado e a justiça se imporá. Pena que não estarei aqui para participar desta festa de fraternidade …

.x.x.x.x.

Afranio Silva Jardim, professor de Direito da Uerj.

.x.x.x.x.

Sobre Davi Alcolumbre, leia também o artigo Novo presidente do Senado é suspeito de nepotismo, constranger servidores para obter apoio eleitoral e uso de documentos falsos.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!