URGENTE: Alexandre de Moraes determina prisão de Roberto Jefferson

Roberto Jefferson. Foto: Mário Agra/PTB Nacional

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), decretou a prisão preventiva de Roberto Jefferson.

Junto do mandado, o magistrado também determinou o cumprimento de busca e apreensão.

A justificativa é a suspeita de participação em organização criminosa digital para atacar a Corte e outras instituições.

Em vídeo recente divulgado nas suas redes sociais, Jefferson ameaça o presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Luís Barroso, e diz que sem o voto impresso não haverá eleição no ano que vem.

O pedido de prisão partiu da Polícia Federal (PF), baseando-se na apuração de inquérito no STF.

A informação havia sido veiculada por redes bolsonaristas no Twitter e agora confirmada.

Pelo Twitter, Roberto Jefferson afirmou:

“Vamos ver de onde parte essa canalhice”.

Segundo ele, a PF já havia buscado sua ex-mulher com a ordem de prisão.

A corporação não localizou o ex-deputado no endereço que constava na investigação.

Roberto Jefferson posa com fuzil nas redes

Alguns crimes de Roberto Jefferson

O bolsonarista Roberto Jefferson tem uma série de ações criminosas.

No mês passado, armado, ele gravou um vídeo ameaçando o embaixador chinês Yang Wanming.

O bolsonarista já chegou a ameaçar ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) com um fuzil.

Crimes contra a honra também estão em seu portfólio.

No mês passado, o presidente do PTB foi condenado a indenizar Manuela D’Ávila em R$ 50 mil por calúnia.

O mesmo valor foi definido em ação contra Alexandre de Moraes, por associar o magistrado ao PCC.

Corrupto confesso, Roberto Jefferson já foi preso no passado.

Em 2012, ele foi condenado a 7 anos e 14 dias de prisão no processo do Mensalão.

Só passou três dias, de fato, na cadeia e o resta da pena foi perdoada.

Leia também: 

1 – Novo herói bolsonarista, ex-presidiário deve voltar à cana em breve. Os fãs vão visitar?

2 – Bolsonaro posta VÍDEO dizendo que não é corrupto com corrupto confesso Bob Jeff