VÍDEO: Alexandre Garcia defende Bolsonaro por não usar máscara e espalha fake news novamente na CNN

Alexandre Garcia no quadro Liberdade de Opinião na CNN Brasil

Alexandre Garcia foi parar de novo nos trending topics do Twitter.

Desta vez por associar brasileiros que acreditam na ciência aos fundamentalistas do Talibã.

Leia também:

1. Alexandre Garcia ataca as vacinas na CNN, cuspindo em 544 mil mortos de Covid-19

2. MPF denuncia Allan dos Santos por ameaça a Barroso

3. Revoltado com Alexandre Garcia, Rafael Colombo pede para deixar quadro da CNN

Para defender o direito de Bolsonaro de promover aglomeração e espalhar o vírus da covid entre seus apoiadores, o veterano da CNN Brasil detonou o uso de máscara, a PGR, o PT, o PSOL, e ainda falou em comissário de quarteirão soviético, fundamentalismo, Afeganistão e burca.

Ele também voltou a insinuar que o vírus da covid foi espalhado intencionalmente pela China.

Alexandre Garcia causa constrangimento na CNN

 

Essa não é a primeira vez que Alexandre Garcia causa constrangimento na CNN.

Recentemente, o jornalista Rafael Colombo pediu para deixar o quadro Liberdade de Opinião por conta do bolsonarista.

Ele apresenta o programa há um ano na CNN Brasil, mas já havia relatado descontentamento aos colegas de compartilhar o quadro com o negacionista.

Colombo também conversou anteriormente com a direção da empresa, mas foi convencido a ficar.

O estopim foi a revelação de que o bolsonarista lucrou R$ 70 mil com fake news na pandemia por meio do YouTube.

Depois de o negacionista defender o fim de medidas restritivas, Colombo questionou sobre “o direito à vida” previsto na Constituição.

Garcia até sinalizou que deixaria a emissora após o constrangimento:

“Não sei se a gente volta”.

Voltou após inventar uma mentira para justificar.