VÍDEO – Bolsonaro sobre mortes por Covid: “Tem que deixar de ser um país de maricas”

Jair Bolsonaro. Foto: Reprodução/Twitter

Depois de falar que a pandemia do coronavírus era uma “gripezinha”, um “resfriadinho”, Jair Bolsonaro se superou novamente.

No mesmo dia que ele disse que “venceu Doria” após cancelar a vacina chinesa após o suicídio de uma das pessoas que estava sendo submetida aos testes – e era um placebo -, ele disse o seguinte.

“Lamento os mortos. Lamento (…). Tem que deixar de ser um país de maricas”.

É isso que o presidente da República tem a dizer sobre centenas de milhares de mortos por Covid no país.

Desumano.

E ainda falou da “urubuzada” da imprensa.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!