VÍDEO – “Tenho culpa, sim. Peço desculpa ao Brasil”: reverendo Amilton chora e confessa na CPI

“Tenho culpa, sim. Peço desculpa ao Brasil”: reverendo Amilton chora e confessa na CPI. Foto: Reprodução/Twitter

O reverendo Amilton Gomes de Paula, envolvido no rolo das vacinas com a Davati e o PM Dominghetti, chorou na CPI da Covid.

ACOMPANHE – DCM Ao Meio-Dia: CPI volta para segunda temporada e ouve reverendo Amilton, das vacinas

Ele se emocionou quando foi abandonado pelo senador bolsonarista Marcos Rogério (DEM), fiel ao presidente Bolsonaro (sem partido). Depois de mentir muito na CPI, reverendo disse que não conhecia ninguém do governo e depois confessou envolvimento.

MAIS – “Embaixada” do reverendo Amilton, que negociou vacinas em nome do governo, foi inaugurada com homenagens a Bolsonaro

Disse que fica de joelhos e que se arrepende de ter conhecido essas figuras em Brasília.

“Eu queria trazer vacina para o Brasil. Eu tenho culpa sim, eu peço desculpa ao Brasil, o que eu cometi não agradou aos olhos de Deus. Peço perdão aos senadores”.

Mesmo pedindo desculpas, ele não explica qual é o escândalo das vacinas. Deve explicações ao país.

Reverendo Amilton foi abandonado por seus amigos bolsonaristas.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!