Áudio revela influência de banqueiro sobre Arthur Lira

Dono BTG Influência Arthur Lira
Dono do banco BTG Pactual falou da sua influência sobre Arthur Lira

O banqueiro André Esteves, dono do BTG Pactual, teve um áudio vazado que mostra a influência que ele tem sobre o presidente da Câmara, Arthur Lira. E também sobre o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto.

Dono também da revista Exame, André relatou que Lira o telefonou na semana passada, quando vários secretários de Paulo Guedes pediram demissão. “Como é que faz?”, questionou o presidente da Câmara. André aproveitou para elogiar o Centrão. “Tenho mais respeito por este centro político do que nós de São Paulo”, comentou.

Outro ponto que chamou a atenção foi o fato dele dizer que Roberto Campos conversou com ele para saber qual deveria ser o piso de taxas de juros no Brasil. Na opinião dele, mesmo que Lula vença, Neto seguirá no Banco Central. “Será ótimo para o Brasil”, opinou.

Leia mais:

1 – Carlos Bolsonaro usa notícia antiga para defender fake news do pai sobre vacinas causarem AIDS

2 – Superlive de domingo: Moro candidatíssimo pelo Podemos; o elo do gabinete do ódio cirista com o bolsonarista

3 – Militares sob a mira de Mendonça: como AGU puniu soldados e sargentos que enfrentaram o governo

Além da influência sobre Arthur Lira, dono do BTG Pactual falou sobre outros assuntos

Durante uma hora, André Esteves fez outras observações. Ele criticou a ex-presidente Dilma Rousseff e elogiou Michel Temer. Também comparou o impeachment da petista com o golpe militar de 1964.

O banqueiro relatou que a moeda brasileira está muito desvalorizada e opinou sobre as eleições de 2022. Na opinião dele, Bolsonaro é favorito, mas precisa ficar “calado” para poder vencer.

Também comentou que Lula poderá derrotar o bolsonarismo, desde que se fique mais perto do centro. Afirmou que o petista precisa se aproximar de Henrique Meirelles. Mas não escondeu que seu desejo é que o PSDB vença.

Escute o áudio completo no Facebook do DCM:

https://fb.watch/8SrBqfrXWc/