BolsoDoria de novo? Doria quer voto em papel nas prévias do PSDB

BolsoDoria
BolsoDoria voltou?

O BolsoDoria está de volta. Isto porque o grupo do governador de São Paulo está desconfiado do sistema de votação das prévias presidenciais do PSDB. Aliados do empresário não demonstram confiança com o método eletrônico e podem pedir o retorno das cédulas. A informação é da Folha de S. Paulo.

Interlocutores do governador paulista têm dito que o método de votação não é confiável. E que pode ter manipulação. Por isso foi sugerido que o processo eleitoral ocorresse com o uso de cédulas.

Porém, ainda não foi feita uma reclamação formal ao diretório nacional do partido. A equipe de Doria aguarda um parecer da Kryptos, consultoria especializada em tecnologia. Depois que o relatório for concluído, será decidido se a queixa será feita solicitando a troca do método de votação.

Quem não tem ligação com o governador paulista diz que não há nenhum indício de que possa ter alguma fraude. Ou problema no sistema. O método eletrônico foi criado por uma fundação ligada à Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

O presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo, é favorável a votação eletrônica. Na semana passada, ele relatou que pretende doar o sistema ao TSE para que outras legendas utilizem nas prévias.

Vale ressaltar que Jair Bolsonaro é defensor do voto impresso, criticando as urnas eletrônicas. O presidente sempre usa discurso de golpista para justificar seus pontos de vista. Em 2018, ele teve o apoio do governador de São Paulo, tanto que nasceu o BolsoDoria

Leia mais:

1 – Live das 5 – Biden é pressionado por congressistas dos EUA a diminuir status militar do Brasil na Otan

2 – “Toda a sociedade foi vítima das fake news do tratamento precoce da Prevent Senior”, diz a advogada Bruna Morato ao DCM

3 – Guinada de Ciro à direita auxilia o ‘caos’ bolsonarista, diz analista

BolsoDoria não é favorito no PSDB

O governador de São Paulo tem tentado emplacar como candidato da terceira via. Mas ele precisa vencer as prévias do PSDB, só que não é favorito. Neste momento, Eduardo Leite é quem deve se tornar o pré-candidato oficial do partido tucano.